Prefeito e vice recebem presidente da Funai e os Guaranis

Encontro marca assinatura de Protocolo de Cooperação Técnica para a criação do Centro Cultural Indígena e anúncio de emenda parlamentar de R$ 243 mil

Sexta-Feira, 04/08/2017 | Superintendência de Comunicação

O prefeito de Angra dos Reis, Fernando Jordão, e o vice, Manoel Parente, receberam na última quinta-feira, 3, às 13h, no Salão Nobre da Prefeitura de Angra, o presidente da Funai (Fundação Nacional do Índio), Franklinberg Ribeiro de Freitas, e o cacique Domingos, da Aldeia Tekoa-Sapukai. No começo da cerimônia ocorreu a exibição de um vídeo sobre o cotidiano dos índios Guaranis, seu modo de vida, cultura e as maiores dificuldades estruturais encontradas por eles na aldeia.
Logo depois o encontro foi marcado pela assinatura do Protocolo de Cooperação Técnica para a criação do Centro Cultural Indígena e implantação do Plano de Gestão Ambiental e Territorial na aldeia Tekoa-Sapukai, entre o governo municipal e a Funai. E além desta boa notícia para os índios Guaranis, o prefeito anunciou que já estão liberados os recursos de uma emenda parlamentar de sua autoria, quando era deputado federal, de 2016, de R$ 243 mil, cujo programa prevê a implantação de atividades esportivas e culturais na Aldeia Tekoa-Sapukai. O presidente da Funai recebeu de presente do Cacique Domingos alguns artesanatos dos índios e publicações sobre a história e cultura indígena em Tupi-Guarani.
O secretário de Governo e Relações Institucionais, Marcus Veníssius Barbosa, detalhou os investimentos que serão feitos com a emenda parlamentar, dizendo que os índios Guaranis do Bracuí, vão ganhar um programa que vai estimular a prática de atividades físicas e de lazer, ao longo de 24 meses, dois anos. “O valor de R$ 243 mil da emenda já está depositado em uma conta na Caixa Econômica Federal, pois o convênio é com o banco, e os quatro primeiros meses do projeto serão de preparação e planejamento das atividades, e 20 meses colocando em prática as ações esportivas e culturais para os índios”, detalhou o secretário Veníssius.
A secretária de Desenvolvimento Social e Promoção da Cidadania, Célia Jordão, participou do evento no Salão Nobre, assinou junto com o prefeito e com o presidente da Funai, o Protocolo de Cooperação Técnica para a criação do Centro Cultural Indígena, ela que foi uma das principais articuladoras da vinda de Franklinberg Ribeiro de Freitas à Angra, pois sua aproximação com a causa dos índios no município vem desde os tempos em que foi secretária de Ação Social, nos primeiros mandatos do prefeito Fernando Jordão. “Nossos índios precisam de muita atenção e eles são sem dúvida uma de nossas prioridades na Secretaria. O trabalho que realizamos lá atrás com eles foi abandonado nos últimos anos e estamos buscando parcerias para retomar essa atenção ao povo Guarani da Aldeia Sapukai”, comentou Célia Jordão.
O presidente da TurisAngra (Fundação de Turismo de Angra dos Reis), Carlos Henrique Souza de Vasconcelos, o Peninha, que é amigo pessoal do presidente da Funai, foi quem, a pedido de Célia Jordão, viabilizou a agenda Franklinberg Ribeiro na cidade e em um trabalho conjunto com outras Secretarias, tem planejado a criação do Centro Cultural Indígena, pois a intenção e ter o espaço um caráter não só de sustentabilidade financeira para os índios, na venda de seus artesanatos, como também que o local se transforme em uma atração turística para o município.
O presidente da TurisAngra também assinou o Protocolo de Cooperação Técnica, assim como o secretário Executivo de Cultura e Patrimônio, João Willy, e o secretário Executivo de Meio Ambiente, Mário Reis. O vereador Marco Santo Antônio também participou do encontro. Após a cerimônia na sede da prefeitura, o presidente da Funai foi visitar, junto com um grupo de secretários, o local onde será instalado o Centro Cultural Indígena e também a Aldeia Tekoa-Sapukai.