Começou o mutirão de cirurgias de hérnia

O projeto Operation Hérnia vai até hoje (26) com a meta de operar de 25 a 30 pacientes

Quinta-Feira, 26/07/2017 | Superintendência de Comunicação

A Prefeitura de Angra, através da Secretaria de Saúde e do Hospital Geral da Japuíba, começou ontem (25), o mutirão para realizar cirurgias em 25 a 30 pacientes que estavam aguardando ser operados. O mutirão é uma parceria com a Sociedade Brasileira de Hérnia e Parede Abdominal (SBH), que desenvolve um trabalho junto com a organização Hérnia Internacional. Esses cidadãos que começaram a ser operados, já estavam com seus riscos cirúrgicos prontos e se livrarão do problema. Vale ressaltar que Angra é o primeiro município do interior contemplado com este programa. Trata-se do projeto Operation Hernia, que reúne diversos cirurgiões dos Estados Unidos da América (EUA), Itália e Índia e que promove essas cirurgias em alguns hospitais do Estado. Hoje (26), quarta-feira, acontece mais uma etapa do mutirão de cirurgias no HGJ.
O programa trouxe sete cirurgiões para o mutirão. São eles: Dr. Cristiano Maurão, Dr. Heitor Santos, Dra. Luciana Guimarães, Dr. Joaquim Santana, Dr. Leandro Crippa, Dra. Heide Miller e o Dr. Arun Baskara. Uniram-se aos profissionais para participar dos trabalhos, os médicos do Hospital Geral da Japuíba, Dr. Marcos Bogado e o Dr. Rodrigo Almeida, além dos anestesistas Dr. Rodrigo Mucheli e o Dr. José Carlos Miranda.