Campanha contra câncer de boca

Vinte e nove biópsias fora feitas durante o dia 25 no Centro odontológico

Sexta-Feira, 27/10/2006 | Superintendência de Comunicação .

A Prefeitura, através da Secretaria de Saúde, no dia 25 de outubro, quarta-feira, realizou a Campanha Municipal Contra o Câncer de Boca – “Auto- exame da boca como prevenção do câncer bucal”. Todas as unidades de saúde foram abertas para atender a população, das 8h às 17h. A campanha foi inserida na Semana Internacional de Saúde Bucal. A Secretaria de Saúde montou um ponto de apoio às unidades na Praça Codrato de Vilhena. Com o mesmo procedimento, os casos suspeitos eram encaminhados ao Centro Odontológico. No local os profissionais realizaram os exames enviando o material para biópsia. Foram feitos 29 procedimentos.
          O câncer de boca pode ser tratado se diagnosticado ainda no começo. Mas para que isso ocorra é necessário que a pessoa faça um auto-exame periódico, assim como as mulheres fazem o auto-exame das mamas para evitar o câncer do seio. Esse é o principal objetivo da campanha.
          - A prevenção é o melhor remédio no combate a essas doenças. Com essa campanha pioneira solicitada pelo prefeito Fernando Jordão, e apoiada pelo secretário de Saúde, Amílcar Jordão Caldellas, pelo secretário de Integração Governamental, Bento Pousa Costa e pelo presidente da Fundação de Saúde de Angra dos Reis (Fusar), João Domingos, investimos na prevenção para tratar a saúde e não a doença. Eles têm comprometimento com o que fazem e oferecem oportunidades para implementar esses programas - explicou o gerente de Odontologia do Município, Marcelo Freire Ferreira.
            A data escolhida para a campanha não podia ser outra, 25 de outubro foi o Dia do Dentista. Neste dia todos os profissionais da rede, cerca de 80, deram assistência nas unidades de saúde. Além de ensinar a realizar o auto-exame, eles também fizeram atendimento. Em caso de suspeita de câncer de boca, a pessoa foi encaminhada para o Centro Odontológico. Numa tenda na Praça Codrato de Vilhena, profissionais mostraram através de painéis as atividades desenvolvidas pela Gerência de Odontologia da Secretaria Municipal de Saúde.
            Segundo dados do Centro Odontológico, em 2005, durante os procedimentos rotineiros do Centro Odontológico, foram confirmados sete casos de câncer de boca. Neste ano, numa mostra de 147 biópsias, dois casos. O Centro Odontológico também foi um projeto pioneiro implantado pelo prefeito Fernando Jordão. De 2005 a 2006 foram realizadas dentro dos procedimentos, 487.416 ações básicas em odontologias. E no mesmo período 53.474 ações especializadas em odontologia. Além desta unidade central, a Prefeitura ainda realiza um programa de atendimento escolar itinerante na rede municipal atendendo crianças de 1ª e 2ª séries. O trabalho é preventivo, educativo e curativo. Ainda tem cinco dentistas trabalhando do Cantagalo a Jacuacanga, do Camorim até a Grande Japuíba e Ariró. Da Serra D’Água até o Frade. E ainda, Perequê e Ilhas. Este ano a Prefeitura ainda inaugurará os centros odontológicos do Perequê, de Jacuacanga e do Frade. Com esses centros, a população desses bairros não precisará mais se deslocar até o Centro.
           A Prefeitura de Angra dos Reis ainda promoveu no dia 26, quinta-feira, um evento no Instituto Serenar, no Pontal, para comemorar a Semana Internacional de Saúde Bucal. O evento começou às 8h e termina às 17h, com a capacitação dos profissionais da área da rede municipal ministrada pelo Odonto-Sesc, que tem colaborado com o desenvolvimento de trabalhos para a melhoria da saúde bucal da população de Angra dos Reis. Foram abordados temas de extrema importância ao dia dos profissionais de odontologia da rede pública.

Secretarias relacionadas: