Mais segurança para Angra

Um efetivo maior, novo quartel da PM, Delegacia Legal, câmeras e uma lancha para patrulhamento na baía

Sexta-Feira, 05/10/2007 | Superintendência de Comunicação .

 
            O secretário de Segurança, José Mariano Beltrame, em visita a Angra dos Reis, na quinta-feira, 4, confirmou ao prefeito Fernando Jordão que fará investimentos na segurança do Município. Apostando nos resultados, não em promessas, o secretário garantiu que serão instalados na região a Delegacia Legal, um novo ponto para o Batalhão da Polícia Militar e monitoramento das estradas. Angra ainda receberá uma lancha para patrulhamento marítimo. O sistema de monitoramento terá 48 câmeras e deverá estar implantado em até 60 dias.
            - Estamos visitando as cidades e verificando as carências nesta área, em cada uma delas. Vamos trabalhar junto com a Prefeitura para oferecer mais segurança para os moradores e também aos turistas de Angra dos Reis, - afirmou o secretário Beltrame.  
            O secretário com o prefeito Fernando Jordão, acompanhado do presidente da TurisAngra, Manoel Francisco de Oliveira, do secretário de Obras, Cláudio Sírio, da secretária de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano, Elizabeth Brito e do empresário  Roberto Bonfim, estiveram na Delegacia com o delegado Francisco Benitez.
            - Vamos melhorar a segurança do nosso Município. Instalaremos um sistema de monitoramento através de câmeras, em pontos vitais e também nas escolas. O Batalhão da PM será construído no Campo Belo, ponto estratégico para segurança. A Prefeitura, a Secretaria de Segurança e o empresariado local se unirão para melhorar a estrutura da segurança da região, - falou o prefeito Fernando Jordão.
            O novo quartel receberá reforço efetivo como também a delegacia de Angra.
            - A nossa expectativa é muito grande em relação a essas ações, entre elas, o secretário se comprometeu a encaminhar os veículos que estão depositados no Aterro do Carmo para um depósito no Rio e está buscando entendimento para a construção de uma casa de custódia no Sul Fluminense, - contou o delegado Francisco Benitez.   

Secretarias relacionadas: