De Angra para o mundo

Angrense é bicampeão mundial de vela no México

Terça-Feira, 13/03/2007 | Superintendência de Comunicação .

O angrense Daniel Santiago, mais uma vez subiu ao pódio mundial da vela. No início do mês, entre os dias 4 e 9,  o assessor jurídico da Fundação de Turismo de Angra dos Reis (TurisAngra), Daniel Santiago de 28 anos se sagrou Bicampeão Mundial de Vela da Classe J/24, no México. Ele e os outros integrantes do veleiro Bruschetta foram os melhores entre as demais 69 embarcações que participaram da competição.
Mas a história de sucesso do  menino que conheceu o mundo das   velas aos 6 anos, no Bracuí, encarando o esporte como um hobby, começou antes do bicampeonato.. Daniel Santiago foi medalha de prata nos Jogos Pan-Americanos de Santo Domingo, em 2003. Em 2005,   também no “Bruschetta”, conquistou na França, o vice-campeonato Europeu de Iatismo na Classe J/24.
 Filho de Cláudio Nunes Santiago e de Ana Amélia Rabha, Daniel está em entre os grandes nomes mundiais do esporte, na função de regulador de vela. Ele divide seu tempo entre o trabalho na TurisAngra e o esporte que abraçou. Dedica feriados e fins de semana ao treinamento, os horários que sobram durante a semana ao treinamento físico. As férias ele tira ao longo do ano, em períodos de uma semana, para participar das competições.
Recebido com festa pelos colegas de trabalho da TurisAngra, que fizeram uma faixa de boas-vindas e camisetas personalizadas sobre o bicampeão, Daniel Santiago se prepara agora para os jogos Pan-Americanos que acontece entre os dias 13 e 19 de julho. A expectativa é de medalha de ouro, afinal a tripulação do “Bruschetta”, vai competir em casa, na Baía de Guanabara, como outros seis veleiros entre eles dos Estados Unidos, Canadá e Argentina.
O “Bruschetta” e sua tripulação conquistaram o primeiro Campeonato Mundial no ano passado na Austrália. O bicampeonato   foi conquistado na cidade Puerto Vallarta, da qual Angra dos Reis é irmanada desde 2002. Uma feliz coincidência já que o objetivo   do Programa de Cidades-Irmãs, criado depois da II Guerra Mundial, é promover a cooperação internacional e a diplomacia entre os povos.

Secretarias relacionadas: