Fórum discute saúde mental

1º Fórum de Saúde Mental e Saúde da Família

Quinta-Feira, 21/02/2008 | Superintendência de Comunicação .

Aconteceu nesta quarta-feira, dia 2º, das 9h às 18h, no auditório da UNIMED, no Parque das Palmeiras, o 1º Fórum de Saúde Mental e Saúde da Família   do Município de Angra dos Reis.  O objetivo do evento, que reuniu 78 pessoas,   é  formar os profissionais de saúde do SUS para a Saúde Mental  visando a melhoria de atendimento aos usuários.
         Seguindo a política nacional  do setor que procura integrar os trabalhadores da área no campo de saúde mental dentro do trabalho desenvolvido pelos Módulos de Estratégia de Saúde da Família (ESF’s) o Fórum foi o pontapé inicial para preparar o profissional para lidar com essa abordagem.
         - Muitas vezes o profissional do Módulo ESF se depara com um usuário cardíaco  que tem problema com o álcool, por isso ele deve ter uma visão mais   ampla do universo do paciente não se atendo apenas ao atendimento clínico, - explicou  Maria Bethânia Garcia, da Coordenação do Programa de Saúde Mental da Secretaria de Saúde/FuSar.   
         O evento também prepara os profissionais para a implantação em Angra, ainda no primeiro semestre desse ano, do Centro de Atenção   Psicossocial Alcoolismo e Outras Drogas (CAPSad) e o Centro de Atenção   Psicossocial da Infância e Adolescência (CAPIs). Um voltado para pessoas com problemas  psicossociais causados por álcool e outras drogas e um outro voltado para as crianças e adolescentes com problemas  psicossociais.
         O evento teve como palestrantes  a professora da UFRJ, Paula Cerqueira e a Superintendente de Atenção Básica do Estado do Rio de Janeiro, Adriana Baltazar.  Também teve representantes indígenas do Pólo Base Angra dos Reis.

Secretarias relacionadas: