Alunos da UTD recebem medalha e certificados

13/07/2017

Vinte e dois jovens participaram da Provinha Canguru de Matemática que reúne estudantes de 55 países

Os 22 alunos que participaram da Provinha Canguru (competição internacional de matemática) receberam ontem (12) certificados de participação durante o “Show de Talentos na Unidade de Trabalho Diferenciado (UTD) – Altas Habilidades, realizado na Escola Municipal Júlio Laranjeiras, no Parque das Palmeiras. Entre os alunos que se destacaram na Canguru, vale ressaltar a atuação de Rafael Silva Santos (na foto com o professor David Fernandes da Costa), que recebeu a medalha de prata. A Provinha canguru acontece em 55 países e este ano, ocorreu com o apoio da Olimpíada Brasileira de Matemática e da Olimpíada Paulista de Matemática.
Além de Rafael, receberam certificados os alunos Arthur Pimenta da Silva, Ana Júlia da Silva Ramos, Ana Jully Soares Ferreira, Anna Kelly Ferreira Santos, Brenda Melo de Faria, Caroline Alves da Silva, Eduarda Leal Leoni, João Marcos Bernardes Barra, Juan Paulo Machado de Sant´anna, Hugo Gabriel Alves Silva, Kainan de Souza Vilela de Farias, Kauany Miguel de Souza Andrade, Maria Clara Inez dos Santos Fernandes, Láiza Paiva Paulo, Luís Fellipe de Souza do Santos, Naara Santana de Souza, Pedro Lucas Nogueira do Nascimento, Samuel Mendes Fernandes, Vinícius Henrique Lima do Santos, Yan da Silva Francisco,
A Provinha Canguru acontece na terceira quinta-feira do mês de março e um gigantesco número de estudantes (neste ano, mais de seis milhões) em todo o mundo fez parte deste importante evento. O Canguru de Matemática é uma competição muito diferente da (Olimpíada Internacional de Matemática (IMO em inglês) sob alguns aspectos, pois são eventos que se opõem. Mais do que uma competição descompromissada, é uma espécie de jogo. Ao contrário da IMO, estudantes de todas as idades, dos 7 aos 18 anos, podem participar do evento, em seis diferentes categorias etárias, resolvendo 24 ou 30 testes de múltipla escolha relativamente fáceis em 90 minutos (ou mais, dependendo do país participante). Mas talvez a diferença mais óbvia seja a de que o Canguru não é somente para os melhores estudantes de Matemática. Ao contrário, o concurso visa atrair tantos estudantes quanto for possível, com a finalidade de mostrar-lhes que a Matemática pode ser interessante, útil e mesmo divertida, afastando o preconceito em relação à Matemática.