Prefeitura vai realizar 1º casamento comunitário de Angra

10/07/2017

Cadastramento vai até o dia 20 de julho e pode ser feito em um dos Cras próximo da residência dos pretendentes. Casamento para quem tem união estável

A Prefeitura de Angra, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social e Promoção da Cidadania e Secretaria Executiva de Assistência Social, em parceria com a Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro, vai promover o 1º casamento comunitário de Angra dos Reis. A iniciativa visa transformar em realidade o sonho do casamento, que para muitos financeiramente é inviável pelos custos com da oficialização da união em cerimônias seja no civil ou no religioso.
O casamento comunitário será possível para quem já mora junto, tem filhos e deseja tornar oficial a relação, que se caracteriza pela união estável, onde já há uma vida a dois, sob o mesmo teto. As inscrições são gratuitas e vão até o dia 20 de julho no Cras (Centro de Referência de Assistência Social) mais próximo da residência dos pretendentes. Dentre as regras para se candidatar ao casamento comunitário, o casal deverá comprovar moradia há mais de três anos no município, renda familiar de até dois salários mínimos (R$ 1.874,00) e estar em convivência por pelo menos dois anos.
Os casais interessados que estiveram dentro das regras estabelecidas, devem apresentar nos Cras os seguintes documentos para o casamento comunitário:
Comprovante de residência, CPF, Identidade (RG), Certidão de nascimento ou averbação do divórcio, Comprovante de Renda (carteira de trabalho, contra cheque ou declaração de renda) e Comprovante de tempo de moradia no município (expedido por CRAS, Unidade Escolar ou de Saúde).
“É um momento mágico e muito especial para as pessoas. Muitas já vivem juntas, moram juntas, tem filhos, e querem oficializar a união, mas não têm condições financeiras para concretizar esse sonho. E a Prefeitura em parceria com a Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro vai promover o dia dos sonhos para muitos casais de Angra dos Reis”, disse Célia Jordão, secretária de Desenvolvimento Social e Promoção da Cidadania.
O casamento comunitário está previsto para acontecer no dia 23 de setembro. E para quem quer oficializar a união tem que correr para apresentar toda a documentação, para que os tramites burocráticos do casamento possam andar rápido e tudo ficar pronto para o dia do sim. Confira os endereços dos sete Cras que estão recebendo os candidatos ao casamento comunitário para as inscrições:

ENDEREÇO DOS CRAS:
CRAS – Parque Mambucaba
End.: Rua da Limeira, 96 – Parque Mambucaba

CRAS – Frade
End.: Rua Julieta Conceição Reis, 466 - Frade

CRAS – Bracuí
End.: Rua Três Amigos, 32 - Bracuí

CRAS – Belém
End.: Rodovia Rio Santos, sala 4 – Belém

CRAS – Nova Angra
End.: Rodovia Rio Santos, sala 5 – Belém

CRAS – Campo Belo
End.: Rua das Margaridas, 21 – Campo Belo

CRAS – Monsuaba
End.: Rua Manoel de Souza Lima, 248 - Monsuaba