Inea dá licença para as obras no Cais da Vila do Abraão

12/05/2017

Obras vão resolver em definitivo a atracação das embarcações da CCR Barcas

O Instituto Estadual do Ambiente (Inea) concedeu licença ambiental para que a Fundação de Turismo de Angra dos Reis (TurisAngra) faça obras de reforma no Cais Janete Pires (conhecido também como Cais de Concreto) na Vila do Abraão, na Ilha Grande.
O documento foi emitido pelo superintendente do Inea, Alexandre Becker de Castro, vale até maio de 2019, e será publicado na segunda-feira. Esta autorização é um dos documentos fundamentais para o início das obras de reforma do cais da Vila do Abrão. E promete resolver em definitivo o problema de atracação das embarcações da CCR Barcas na Ilha Grande.


CCR Barcas não pode operar no cais de turismo

A CCR Barcas estará impedida de operar no Cais de Turismo da Vila do Abraão até que a concessionária passe a operar o serviço para a Ilha Grande em embarcações menores do que as atuais, que têm capacidade para até 500 passageiros.
A decisão foi tomada pela Prefeitura de Angra dos Reis, através da Fundação de Turismo de Angra dos Reis (TurisAngra), após consulta à Procuradoria Geral do município. Segundo nota publicada pela fundação, o impedimento da continuidade de atracação das barcas atuais ocorre “diante da incerteza quanto à extensão e profundidade dos riscos associados à utilização do cais de turismo pela concessionária”.
Vale frisar que a interdição do cais é única e exclusivamente para as embarcações atuais da concessionária CCR Barcas.