477 servidores não realizaram o recadastramento

14/02/2017

O prazo foi prorrogado e, mesmo assim, esses trabalhadores não compareceram e terão seus pagamentos suspensos

Terminou no último dia 10 o prazo para o servidor público municipal realizar o recadastramento junto à Superintendência de Recursos Humanos, da Secretaria Executiva de Administração. O prazo inicial era de 10 a 31 de janeiro e foi prorrogado até 10 de fevereiro. Mesmo assim, 477 trabalhadores não compareceram para atualizar seus dados. Quem não realizou o cadastro, ficará fora da folha de pagamento já neste mês de fevereiro.
Os quase 500 servidores que não regularizaram suas situações cadastrais e que terão seus pagamentos suspensos poderão apresentar sua justificativa e ainda regularizar seu cadastro. Estando tudo de acordo, entrarão em uma folha de pagamento complementar, Vale ressaltar que foi dado um prazo de mais de 40 dias, o suficiente para àqueles que estivessem de férias, voltasse aos seus locais de trabalho. Lembrando ainda que, mesmo os trabalhadores de licença, têm que comparecer e se recadastrar.
A medida foi adotada pelo governo, com o intuito de coibir irregularidades e otimizar a mão de obra efetiva da Prefeitura, já que ao assumir este mandato, o prefeito Fernando Jordão cortou cerca de 800 cargos em comissão do organograma do executivo. Será criada uma comissão para analisar o cadastro e apontar possíveis irregularidades.
O recadastramento foi realizado no Setor de Treinamentos da Prefeitura Municipal, na Rua da Conceição, 244, Centro, no edifício Pathernon, térreo. Para que ainda não compareceu, a orientação é procurar este setor para mais informações.