Reunião de trabalho da equipe de Serviço Público

27/01/2017

Secretaria se estrutura para atender com mais eficiência e rapidez as demandas das comunidades

A equipe da Secretaria Executiva de Serviço Público, ligada à Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade, se reuniu na última quarta-feira à noite, 25, no auditório da Defesa Civil, São Bento, em um encontro de trabalho interno, para delinear o redirecionamento das ações do setor, no trabalho de execução em manutenção e reparos, dentre os mais variados serviços emergenciais e rotineiros do serviço público.
Foi uma reunião para, em meio a tanta demanda que vem surgindo, alinhar o trabalho para um atendimento com mais eficiência e rapidez, encurtando a resolução dos problemas nas comunidades, e com a finalidade de passar para todos da equipe, as diretrizes, obrigações e responsabilidades do governo, diante dos serviços que precisam ser prestados a população com qualidade.
Foi um encontro, também, para integração dos funcionários. O secretário de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade, Alexandre Giovanetti, falou da importância da equipe se conhecer melhor, ter conhecimento da linha de trabalho do serviço público e a responsabilidade de cada um, mas com o sentido, também, de ajuda mútua entre todos, pois a finalidade maior é que a Prefeitura de Angra preste um trabalho eficiente e com velocidade na execução de manutenção e reparos, diante das demandas cotidianas nos bairros.
O secretário Executivo de Serviço Público, Carlos Felipe Larrosa, fez a apresentação de todos os integrantes da equipe, e detalhou as funções e responsabilidades e cada um, como dos coordenadores técnicos, assessores técnicos e operacionais, e as assessorias regionais, que são divididas regiões Central, Ilha Grande, Sul e Norte. O superintendente de Serviço Público, Beto Casimiro, destacou que a comunicação cotidiana entre os coordenadores técnicos dos bairros com os assessores regionais será de grande importância no andamento do trabalho nas comunidades, para que as soluções sejam dadas rapidamente, mesmo diante das dificuldades financeiras que o município atravessa.
Outro ponto destacado no encontro foi sobre a diferença das funções de subprefeitos e coordenadores técnicos. Os primeiros têm atribuições mais voltadas para as políticas públicas do governo, com a gestão e controle dos temas municipais em nível local, na instância regional da administração, e os coordenadores técnicos dos bairros, cumpre a função de gerenciar e promover o levantamento das necessidades de cada localidade, atendendo à demanda da comunidade.