Noz da Índia está proibida no Brasil

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância sanitária) proibiu o uso e a venda de produtos que contenham Noz da Índia e Chapéu de Napoleão. Utilizado para emagrecimento, essas sementes são tóxicas e não têm registro na Agência.

A medida entrou em vigor em 07/02/2017, por meio da Resolução n°322/2017 da Anvisa, ficando proibida, em todo território nacional, a fabricação, a comercialização, a distribuição e a importação de Noz da índia (Aleurites moluccanus) e do Chapéu de Napoleão (Thevitia peruviana) como insumos em medicamentos e alimentos e em quaisquer formas de apresentação.


Graziela Santos Abreu
Farmacêutica da Vigilância Sanitária/ Mat. 12249